2014-01-17

A Espiral de Bukowski

- Biografia - biography;
- Discografia;
Escute grátis - free streaming;
- Shows;
- Press-release + rider-map (download .pdf).

-

A Espiral de Bukowski:
Cesar Zanin - sintetizadores, efeitos, sampler, sequenciador, loop station, gravações de campo;
Mariana Cetra - vocalizações e teclado Casiotone com pedais de efeitos para guitarra, acordeom, escaleta, flauta doce, castanhola.



A Espiral de Bukowski é um duo paulistano formado em 2012 que hoje faz música experimental através de improviso livre, recebendo influências de música psicodélica, concreta, drone, kraut, dub, noise e folk.

Em 2013 fizeram a cosmoPOPlitan tour (com apoio do MinC), contando 11 apresentações e passando por Brasil, Chile, Argentina e Uruguai; além de apresentações em São Paulo, Jacareí e São José dos Campos.

Entre 2013 e 2015 lançaram 15 álbuns digitais (além de colaborações e participações em splits e coletâneas nos formatos vinil, cassete e digital) por selos independentes de países como Brasil, Chile, Noruega, Holanda, EUA e Portugal.

Entre 2014 e 2015 tocaram 17 vezes em São Paulo, uma vez em Itú e uma no Rio de Janeiro.

Em 2015 foi lançado o primeiro disco físico, em CD, chamado AEdB.

Em 2016 AEdB se apresentou quatro vezes, duas vezes em São Paulo, uma vez em Sorocaba e uma vez em São José dos Campos. Pela primeira vez AEdB tocou numa unidade do SESC e no festival Dia da Música.
Em 2016 A Espiral de Bukowski lançou cinco álbuns e um ep no formato digital, todos pelo selo O Bosque/Woodland, além de participar na coletânea tributo ao Kraftwerk do selo The Blog That Celebrates Itself. Logo de cara foram quatro discos lançados em janeiro, um a cada segunda-feira. Em março veio o ep Março Deságua, uma homenagem à canção de Tom Jobim e ao pai da Mariana, lançado como presente à própria no dia de seu aniversário, com quatro faixas de música experimental que remetem de alguma forma à clássica canção de Jobim, além de uma versão acústica em formato canção. Em julho, pouco antes da partida de Cesar, veio o último disco do ano, ERP-P300-CBP future great filter, um lançamento em conjunto com os seguintes selos: Al Revés, Plataforma e Sinewave.

O ano de 2017 começa e apesar de não existir qualquer plano de retomada para A Espiral de Bukowski, ainda restavam as gravações das três últimas apresentações de 2016. Essas gravações serão lançadas em dois discos digitais. Este álbum, Naive philosophysics recursion, foi lançado pelo selo O Bosque/Woodland recordings em 13/02/2017 e é a gravação das apresentações d’A Espiral de Bukowski na Associação Cultural Cecília durante o festival Dia da Música, que contou também com a apresentação de Alhambradas e Bratislava, em 18/06/2016, e no Hotel Bar durante o evento Silver Tape da Brava, em 20/07/2016. É o primeiro álbum do duo em 2017, lançado já depois do intercâmbio pela USP que levou Cesar a estudar na Itália.
E então o provável último disco deverá ser lançado em 16 de março.

.

O Bosque / Woodland related Video Bar

Loading...